Alexandrarev's blog

Tema 17/11

Acho que é minha vez para começar os “blogs”. Então.. eu tenho duas semanas até minha mae chega em Florianopolis, e a unica coisa (alem dos meus trabalhos) que eu consigo pensar em é a choque de cultura (culture shock, está certo?) que eu vou levar quando eu voltar para os EUA.

Tema para a semana de 20/10

Eu sei que eu ja disse isso mil vezes para vocês que estão aqui, mas nos ultimos meses eu me apaixonei por Elis Regina. A voz dela me mata... é tão cheia de saudades, raiva, e carinho ao mesmo tempo. Na verdade, eu estou lendo um livro, “Noites Tropicais” por Nelson Motta- compositor/ letrista da mesma época, que descreve ela como “a baixa bahiana” que tinha uma obesessão com perfeição e um personalidade forte (até mal humorado). E um descrição que cabe perfeitamente com o jeito que ela cantou.

Uma Loucura

Eu também acho a perspectiva que Baylie apresentou sobre o caos dos eleções nos EUA interessante. E uma pidada na minha casa (aqui, com Valeria, Ju, Aldelar etc) que se McCain ganhar eu vou ficar no Brasil... ou mudar para Canada.
Mas na verdade... como eu conseguiria morar no meu pais se tivesse leis contra aborto, contra casamento homosexual (mais que ja existe), contra a proteção do meio-ambiente?

Um pouco mais alegria

Outra coisa boa que aconteceu essa semana foi a aula de inglês que eu finalmente ensinei na Serrinha. Vainira (a professora para a turma menor- 6 e 7 anos) decidiu que os que queriam aprender um pocou de inglês deviam ter a chance- sem os que não queriam estragando a concentração de todo mundo. Daí, eu tinha 6 estudantes bonitinhos fazendo “head shoulders knees and toes” com tanto... animação que eu quase chorei de felicidade. Eles realmente aprenderam algo! Depois, nos começamos vocabulario de Halloween.

Sonhos de verao

Eu estava lendo o blog de Patrick da semana passada sobre “disciplinas”. Sabe o que eu acho estranho?: O fato que professores não são super disponiveis para falar fora da aula aqui. Obviamante isso e parte da realidade duma universidade grande... mas ainda me sorprendeu.

Além disso, eu estou pensando que eu devia ter feito uma disciplina de geografia. Eu não estava pensando explicitamente nos tipos de pessoas que ia conhecer por medio da aula quando matriculei.. mas se eu tivesse escolhido uma disciplina na geografia, eu teria achado (possivelmente) pessoas que queriam fazer trilha!

O Mundo real

Eu não estava em Floripa para escrever um blog a ultima semana, então eu vou fazer esse “post” em dois partes (um para a ultima semana, e a segunda para essa semana).

I.
Me acredite: 16 horas num onibus não é tão terrivel se a maioria da paisagem acontecer durante a noite. Daí, as 10 horas até São Paulo desde Floripa eram bastante comfortáveis- eu dormi, comi biscoito e amendoim japonês, e tentei ler por.. oh.. 5 minutos. As 6 horas desde SP até Paraty estavam cheio de sono e filmes ruins dos EUA dublados em português.

Alguns dias cansativos

Esse post e para subsituir aquele que eu esqueci de escrever na ulitma sexta feira.

Parei.
Vou tirar um cochilo, beber uma chá, fazer janta, e dormir cedo.

Forquilinhas

Eu estou MUITO estressada por causa da beauracracia no Brasil. Eu tentei comprar ingressos para a festival de música “about us” em Sao Paolo que vai rolar no dia 28 de Setembro. Daí, eu precisei dum numero de identidade e CPF para INICIAR o processo de compras. Depois, para receber o preco meio para estudantes, eles queriam que digitasse meu numero de identidade estudantil como comprovante que eu nao fosse uma dona de casa tentando de guardar dinheiro.

O Neveiro (não. Não tou falando sobre o filme idiota!)

Hoje, o neveiro (que vem do mar) desceu sobre Florianopolis. Sei que muitas pessoas estão xingando esse neveiro porque nao tem sol para bronzear, mas eu estou gostando desse momento parado... consigo descansar com uma xícara de chá no meu quarto nos dias assim, nublados.

Daí, eu aprendí uma coisa importantíssimo essa semana: descansar é bom.

Acho que eu estava tão preocupada que eu não ia curtir tudo o que Brasil tem para ofrecer, que eu esquecí de respirar, de escutar a música que eu gosto (além dos artistas Brasileiros), de dormir por mais que 6 horas.

Um mês ja passou

Como é que isso aconteceu? Eu lembro quando eu cheguei com duas malas e minha violão no aeroporto achando Valeria, Juliana, ALGUEM que podia me levar até a casa para tomar banho.

Mas é verdade.. ja fiz um mes.

Eu sempre digo para minhas mães “Sinto melhor cada dia que passa”. Na verdade, ás vezes eu ainda sinto pior, ainda estou achando meu desejo para ficar aqui.

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer